Compa

Rede Internacional de Ensino

Compa Compa
19 de setembro de 2018

Os estudantes do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental do Compa fizeram uma saída pedagógica para conhecer a Vila Antiga / Estação Anhumas (Campinas).

O objetivo foi proporcionar uma atividade interdisciplinar comprometida com as matérias de Ciências, História e Geografia.

Nossa Saída Pedagógica foi maravilhosa. Os alunos interagiram, trocaram experiências e conteúdos aprendidos em sala de aula. Eles fizeram muitas perguntas sobre leito, foz, margem direita e esquerda, nascente e poluição do rio. No caminho até chegar a Maria Fumaça foram observando e comparando a cidade (área urbana) e o campo (área rural). Simplesmente um momento de vivências práticas que favorecem o aprendizado”, ressalta Selma D’Alessandro, Professora do 3º ano do E.F.

Os estudantes tiveram a oportunidade de observar um céu artificial e reconhecer as principais constelações, estrelas, planetas e outros astros, além de fazer um incrível passeio de Maria Fumaça para compreensão do processo de implantação das ferrovias no Brasil.

“A saída pedagógica foi excelente, pois a abordagem foi de acordo com o conteúdo de História (História do Brasil), produção da cana de açúcar e café”, explica Rejane Torres, Professora do 5º ano B do E.F.

Eles percorreram um pequeno trecho até a estação de Tanquinho e puderam “voltar no tempo” em uma apresentação superdivertida do funcionamento de uma central telefônica do século XIX. Impossível dissociar o contexto observado do crescimento proporcionado pela lavoura cafeeira àquela região e ao nosso estado.

“Durante o passeio, tive a oportunidade de abordar com os alunos os seguintes conteúdos que foram estudados, como: erosão do solo (queimadas), vegetação, pastagem, movimento de rotação e translação, planetas, cana de açúcar, engenho e como as pessoas se locomoviam antigamente”, explica a Professora Luciete Faria, do 4º ano A do E.F.

“A parte histórica da viagem de trem e a observação das mudanças dos ambientes através da ação do homem e da natureza completaram o nosso estudo sobre o Sistema Solar e planetário”, aponta a Professora Simone Azevedo, do 2º ano do E.F. 

Foi uma experiência completa. Os estudantes passaram por áreas urbanas e espaços rurais. Tiveram a oportunidade de fazer questionamentos sobre a poluição dos rios e das comunidades ao redor dos rios.

A saída pedagógica é uma forma de tornar a aprendizagem mais significativa, pois é reconhecida por consolidar o trabalho realizado dentro do ambiente escolar, sendo fundamental no desenvolvimento dos alunos. “Dessa forma, alia-se teoria à prática,  permitindo  vivência para observar, coletar dados e experimentar sensações, o que  garante um aprendizado efetivo, tornando-se parte importante do processo pedagógico,  por integrar as disciplinas dentro de um mesmo contexto, criar condições para o desenvolvimento de novas competências, bem como, na construção de novos conceitos e habilidades dos alunos em formação”, finaliza Juliana Sousa, Assistente de Coordenação.

Confira os melhores momentos dessa saída pedagógica.

× Agende sua Visita