25 de maio de 2018

Está acontecendo em São Paulo a campanha de vacinação contra a influenza. A dose está disponível em todos os postos de saúde da capital aos chamados grupos prioritários, que são aqueles com maior possibilidade de desenvolver quadros mais graves das doenças respiratórias. A meta da campanha deste ano é vacinar 2.395.236 pessoas.

Podem tomar a vacina crianças entre 6 meses e menores de 5 anos de idade, as gestantes e as puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto).

Estão nos grupos de prioridade os portadores de doenças crônicas (cardiopatias, diabetes, HIV positivo e imunodeprimidos) e outras comorbidades, além de professores.

Seguindo a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina é a trivalente e protege contra três subtipos do vírus da gripe: H1N1, H3N2 e Influenza B.

Medidas Preventivas

• Higienização frequente das mãos
• Utilização de lenços descartáveis para higiene nasal.
• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
• Manter os ambientes bem ventilados.
• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.
• Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados).
• Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.
• Afastamento temporário dos doentes com Síndrome Gripal (trabalho, escola).
• Vacinação para grupos prioritários que são constituídos pelas pessoas que têm maior risco de apresentar complicações da gripe.

Fonte: Secretaria Municipal da Saúde – disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/index.php?p=215168

Agende sua Visita