Inaugurado em 1957, o Colégio da Companhia de Maria São Paulo, carinhosamente conhecido como Compa, completa, neste ano de 2017, 60 anos de muita história para contar.

Nesses 60 anos, muitas coisas aconteceram, muitas modernizações foram feitas, mas a identidade do Projeto Educativo da Companhia de Maria permanece viva e fiel às suas origens, sempre dialogando com a realidade e atualizando sua missão educativa e pedagógica em cada momento histórico.

O Colégio da Companhia de Maria São Paulo é uma das 86 Instituições Educativas da Ordem da Companhia de Maria, presente em 26 países de 4 continentes, há 410 anos.

 

Como tudo começou

As Madres Maria Luísa Sanches Alonso, Maria Del Carmen Prieto Almazán, Maria José da Silva e Maria Izabel Botelho, que mantinham um Colégio da Companhia de Maria em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), sentiram necessidade de inaugurar uma casa na capital paulista para ampliar o espaço geográfico de evangelização.

Vieram para São Paulo, permaneceram alguns dias no Colégio Cristo Rei, das Madres Agostinianas, na Vila Mariana, e percorreram vários bairros da cidade, em busca de um lugar adequado, que correspondesse aos objetivos da nova fundação.

Foi assim que encontraram a Vila Nova Conceição, um bairro acolhedor, até então pequeno e quase só residencial. Instalaram-se e fundaram a primeira unidade do Colégio da Companhia de Maria em um sobradinho na Rua Baltazar da Veiga, 195, onde permaneceram pelos dois primeiros anos de vida do Compa (1957-1959).

“A Madre Luísa Sanches, que era provincial na época, veio para São Paulo, desejando fundar aqui um Colégio da Companhia de Maria. Ela procurou em vários bairros de São Paulo um local adequado. E que coisa interessante… ela se encantou com este lugar, Vila Nova Conceição. E qual não foi a surpresa… no dia da Missa de Inauguração, dia de Nossa Senhora de Guadalupe, 12 de dezembro de 1957, foi feita a seguinte leitura: ‘Escolhi e santifiquei este lugar, a fim de que o meu Nome possa estar nele e os meus olhos e o meu coração permaneçam aqui, em todo o tempo’. Para nós, essa leitura, foi a confirmação de que Nossa Senhora queria o Colégio aqui, em Vila Nova Conceição, justamente tendo o nome dela, Nossa Senhora da Conceição.” Madre Maria José da Silva.

Madre Silva, depois de fundar o Compa São Paulo,  ficou 18 anos como diretora, secretária e professora da unidade.

“ESCOLHI E SANTIFIQUEI ESTE LUGAR, A FIM DE QUE O MEU NOME POSSA ESTAR NELE E OS MEUS OLHOS E O MEU CORAÇÃO PERMANEÇAM AQUI, EM TODO O TEMPO.”(2 CR 7,16)

Matrículas-Abertas-2018

O primeiro ano letivo

O primeiro ano letivo foi em 1958, com 30 alunos. Ao final do ano,  já eram 60, contando com o apoio pedagógico da Madre Simões e Madre Comellas, do Colégio da Companhia de Maria do Rio de Janeiro.

As famílias foram se aproximando e confiando ao Compa seus filhos, fazendo conosco uma parceria que perdura até hoje.

Em 22 de novembro de 1959, na celebração da festa da “Menina Maria”, instituída por Santa Joana de Lestonnac, a imagem de Nossa Senhora foi conduzida em procissão pelas ruas do bairro, desde a Igreja São Dimas até o local do lançamento da primeira pedra para a construção do Colégio, na Rua Afonso Braz, 847, onde estamos até hoje.

Entre as famílias presentes, esteve a do Dr° José Peres de Moraes, engenheiro construtor desta nova sede, pai da nossa primeira aluna, Maria Cristina de Moraes, matriculada no Jardim de Infância, Maria Cristina de Morais, 1958.

A celebração da Missa, que antecedeu a procissão, foi presidida por D. Paulo Rolim Loureiro, Bispo Auxiliar de D. Carlos Carmelo de Vasconcellos Motta, Cardeal Arcebispo de São Paulo. D. Paulo abençoou o local e a pedra fundamental.

Em 30 de janeiro de 1960, a comunidade religiosa e os alunos foram transferidos para o novo endereço, que tinha apenas 4 salas de aula, construídas nos fundos do terreno, local que ainda conservava um ar campestre: bananeiras, ameixeiras, pitangueiras e amoreiras.

“Estar entre as pessoas que fundaram o colégio é para mim uma alegria e uma responsabilidade muito grande. A primeira coisa que me vem à memória é a palavra gratidão: a Deus, que sempre esteve presente neste colégio, desde a sua fundação até os dias de hoje; a Santa Joana, inspiradora desta obra, que desde o início foi cultuada pelos alunos e pelas famílias que nos procuravam; aos educadores; às famílias; aos ex-alunos; as irmãs; aos amigos, que desde o início prestigiam nosso colégio.”(Madre Maria Izabel Botelho)

 

História se constrói com pessoas

Ao longo dos anos, muitos filhos de ex-alunos estudaram conosco, estreitando cada vez mais os laços da Família Compa. Por isso, é com muito orgulho que podemos dizer que o Compa completa 60 anos repletos de histórias.

Com o passar dos anos, o Compa foi crescendo, foi atualizando-se, mas nunca deixou para trás suas raízes, focadas num Projeto Educativo que tem como objetivo proporcionar condições para que a pessoa (crianças, adolescentes e jovens) seja educada integralmente.

Neste ano, em que o Colégio completa 60 anos, muitas comemorações foram feitas, entre elas os Jogos Solidários, para reencontros dos ex-alunos que se formaram entre as décadas de 74 e 89. Foi um momento de muita emoção, um encontro de gerações que marcou muitas vidas.

Madre Márcia Negrão França, uma das primeiras professoras do Compa São Paulo, faz questão de nesta comemoração lembrar-se desse encontro: “Esse encontro foi um retorno muito positivo. Nesses 60 anos, pudemos ver que as sementes que cultivamos cresceram e deram bons frutos. Reencontramos aqueles alunos, eu falo aqueles meninos, que na verdade muitos já são até avós, que prazer! Santa Joana falava: conservai a amizade entre vocês.”

A ação e união entre religiosas e leigos sempre foram os pilares que sustentaram nosso colégio, por onde passaram muitas pessoas. Cada uma deixando seu legado, o que contribuiu e ainda contribui para nosso crescimento.

Irmã Ana Amélia é mais um exemplo de dedicação e amor pela missão de educar que o Compa São Paulo recebeu nesses 60 anos de história.

Ela esteve conosco em vários momentos, em épocas diferentes. A primeira vez, ainda como noviça, trabalhou com as crianças pequenas, dando aula de Educação Religiosa. Também se dedicou à biblioteca, logo depois deu aula de Matemática e também coordenou a área de exatas do colégio.

Em 1999, assumiu a função de Diretora Administrativa, cargo que ocupou por 12 anos.

“Foi um trabalho muito prazeroso, que eu gosto muito de contar. Foi um período muito agradável. Trabalhávamos em equipe de uma forma muito harmoniosa. O Colégio cresceu muito nos aspectos pedagógicos, administrativos, de pastoral e de organização, então foi muito gratificante. Eu desejo que o Compa tenha fôlego para crescer outros 60 anos.”(Irmã Ana Amélia)

 

Gratidão. 60 anos de vida!

Gratidão é a palavra viva mais presente para celebrar esses 60 anos de história. Foram décadas marcadas com muito trabalho, muita dedicação, empenho e amor!

“O Compa, hoje, ao celebrar seus 60 anos, é fruto da caminhada de muita gente: gerações de alunos, infinidade de famílias, inúmeros educadores e amigos, muitas irmãs da Companhia de Maria. Cada um colocou o seu melhor nesta construção. Por isso, a todos nossa profunda GRATIDÃO. E uma imensa GRATIDÃO a Deus, que acompanhou cada passo dado, cada decisão tomada, cada desafio enfrentado…E continua nos acompanhando todos os dias… E Maria também.” (Irmã Pilar Panadés, Representante da Ordem da Companhia de Maria no Compa)

 

Valores e Virtudes que revelam o estilo Compa de Educar

O Compa, que tem como princípios fundamentais a fé cristã, tem seu foco em proporcionar aos alunos elementos que possibilitem a construção do conhecimento e da formação em valores.

Aulas de Ensino Religioso valorizam o homem. “AHE – Arte, Humanismo, Espiritualidade”, uma metodologia própria que propicia a interiorização, favorece o compromisso e potencializa a expressão artística como meio de comunicação universal.

“A educação não passa. Ela é um pilar fundamental para todas as sociedades, por isso, ratificamos a cada ano a importância do nosso Projeto Educativo. O desejo é que ele continue cada vez mais atuante. O Projeto Educativo Companhia de Maria começou com Joana de Lestonnac, há 410 anos, mas permanece atual e tem ficado a cada ano mais forte aqui no Brasil.” (Irmã Adriana Restrepo, Superiora Provincial do Cone Sul, Companhia de Maria)

 

O Compa hoje

O Compa é um Centro Educativo pertencente à Ordem da Companhia de Maria Nossa Senhora, fundada por Joana de Lestonnac, em Bordeaux na França, em 1607, com propósito de educar a mulher.

Uma missão que existe há 410 anos e está presente em São Paulo há 60 anos.

“Eu faço uma memória muito positiva desse período vivido aqui no Colégio e experimento uma alegria muito grande na realização da Missão para a qual fui enviada com muita confiança, abertura e disponibilidade. Nós da Companhia de Maria sempre prezamos pela continuidade da Missão como um todo então, eu destaco nesta gestão a ousadia em acolher e colocar em prática o novo. Novo esse que atualiza, que fortalece, que abraça a tradição de maneira conectada e contextualizada com a realidade de hoje.” (Irmã Zirlene Barbosa, Diretora Administrativa do Compa)

Ter 60 anos de experiência é a base para trazer a melhoria contínua. “Que se faça cada vez melhor” essa é uma das frases instituídas nos Documentos Fundacionais da Companhia de Maria, que inspira nossa práxis e introduz o dinamismo e a flexibilidade para continuar adequando as respostas às necessidades e demandas de cada momento histórico.

“Estar à frente do Colégio da Companhia de Maria São Paulo é fazer parte de um carisma que existe há mais de 400 anos no mundo, com um formato próprio de educar. Nosso Projeto Educativo oferece uma educação humanista- cristã, focada na formação integral de crianças e jovens e na transformação da sociedade. Tudo isso só é possível pela união entre religiosas e leigos que acreditaram e acreditam neste trabalho. Precisaríamos de um livro para citar todos os nomes envolvidos neste sucesso, por isso, como leiga e na função de Diretora do Compa, agradeço a todos e, em nome de nossa equipe pedagógica, desejamos que o Compa cresça cada vez mais.” (Maria Lucia Cuestas Gimenez, Diretora Geral Compa SP)

 

Em memória

Não é possível seguir em frente se não olharmos para tudo e todos que participaram dessa construção. Principalmente os que não estão mais entre nós.

Nossos agradecimentos vão para todos os leigos e religiosas que de forma direta ou indireta ajudaram a colocar cada tijolinho, cada inspiração, cada contribuição.

Em especial para as Madres:

Madre Maria Luísa Sanches Alonso, que era Superiora Provincial na época de fundação do Compa São Paulo, e Madre Maria Del Carmen Prieto Almazán, que ao lado de Madre Silva e Madre Izabel, tiveram forças e determinação para construírem nosso Colégio.

Madre Áurea, sempre atenta aos mais necessitados, sempre na entrada do colégio, recebendo com todo carinho nossos estudantes. Sua alegria, o carinho por todos e, em especial, pelas crianças, e seu jeito simples de se aproximar das pessoas. O testemunho de uma vida em constante serviço por amor ficarão gravados para sempre nos nossos corações.

Madre Zilott, que desde a fundação deste Colégio manteve sua presença simples e silenciosa, mas repleta de experiência e de uma força muito grande embasada em fundamentos e ensinamentos que guiaram nossa missão. Prezava pela continuidade, por isso sempre estava por perto e muito presente nos momentos difíceis.

Nosso eterno carinho e agradecimento por desbravarem esse caminho que hoje ganhou muitas mãos estendidas!

Força e fé para que possamos manter a chama acesa!

 

Ordem da Companhia de Maria Nossa Senhora

A Ordem da Companhia de Maria Nossa Senhora foi a primeira instituição religiosa aprovada pela Igreja para a educação da mulher.

Ela é constituída pelas irmãs, herdeiras da espiritualidade e carisma educativo de Joana deLestonnac, declarada Santa pela Igreja em 1834, que se concretizou nos colégios, nos projetos sociais, nas casas de retiro, nas residências universitárias, nas atividades pastorais, nos trabalhos em parcerias com outras instituições e outras ações.

#OrgulhoDeSerCompa
#EstiloCompaDeEducar

 

Box:

Ordem da Companhia de Maria Nossa senhora
– 07 de abril de 1607- Bordeaux, na França
– 410 anos de existência no mundo
– 80 anos de Brasil
– 60 anos em São Paulo
– 26 países de 4 continentes
– 86 unidades educativas
– 62.000 alunos

Obras Sociais: 31 unidades com aproximadamente 10.500 pessoas atendidas
Projetos Sociais: 34, atendendo aproximadamente 275.000 pessoas
Residências universitárias: 11, que atendem perto de 590 jovens universitárias

 

Companhia de Maria 2017

 

Equipe Geral – Itália – Roma
Ir. Rita Calvo, Madre Geral

Província Cone Sul
Ir. Adriana Restrepo, Superiora Provincial do Cone Sul.

Brasil
Ir. Pilar Panadés, Representante da Ordem da Companhia de Maria no Compa.

São Paulo
Ir. Zirlene Barbosa, Diretora Administrativa
Profª Maria Lucia Cuestas Gimenez, Diretora Geral
Profª Gláucia Regina Bellangero Coiro, Orientadora Pedagógica
Profª Lúcia Regina Pereira Carlini, Orientadora Educacional
Profª Lourdes Silva, Orientadora Pedagógica e Educacional

Profª Sonia Goretti Pires, Coordenadora da Pastoral

Prof. Roberto Tikami de Lima, Orientador Social